7 motivos para shippar… Laurel e Michaela

Jogue a primeira pedra quem não é viciada em séries de TV. Para mim, o que faz séries de TV serem viciantes, acima de tudo, são seus personagens; melhor ainda quando esses personagens têm uma conexão tão forte que você não consegue não shippar. Quem nunca se viu assistindo um filme, lendo um livro e pensando que aquelas duas personagens foram feitas uma para outra? Seja em amizade, como dupla para salvar o mundo ou simplesmente como almas gêmeas? Agora imagine isso tudo além de uma relação amorosa. É isso que eu vou te trazer aqui: casais de mulheres que nunca aconteceram, mas poderiam facilmente ser feitas uma pra outra.

Vem pro lado colorido da força comigo!

 

Um das coisas mais fascinantes em uma série de televisão é a evolução dos personagens e seus relacionamentos. Assistir a uma temporada e na seguinte notar o amadurecimento e um laço entre duas pessoas que, inicialmente, não tinham muito a ver e por algum motivo se aproximaram. Com isto, é descoberto um apoio que nenhum dos personagens imaginava ter. Laurel e Michaela foram exatamente assim. Não se bicavam desde o início da série por tragédias e acontecimentos na vida de cada uma. Hoje em dia as duas têm uma relação tão próxima que muitos se questionam se poderia virar um romance. Não pensou nisso ainda? Vou te dar os motivos:

1. As duas são, sem dúvida, as pessoas mais ambiciosas e focadas dos Keating Five. A inspiração em Annelise não vem somente de chegar onde ela está, mas de como as duas fazem qualquer coisa possível para chegar nos seus objetivos e proteger aqueles que amam, se distinguindo bastante do resto do grupo.

2. Duas meninas com problemas familiares que enfrentaram uma infância e uma adolescência bastante difícil, mesmo que cada uma do seu jeito. O motivo delas agirem como agem e se relacionarem desse jeito é bastante compreendido uma pela outra, e isso me faz ir para o próximo motivo…

3. A forma como Michaela ajuda Laurel em relação à gravidez e no seu luto é a única coisa que a mantém as duas sãs. Michaela sempre esteve do lado dela, visitando, conversando e colocando limites quando necessário. A preocupação e o carinho existentes nesse momento vem somente de alguém que nos ama muito e que se preocupa. É preciso existir um sentimento verdadeiro, independente de qual seja.

4. Annalise e Eve: um casal de estudantes de direito que se aproximam sem imaginar que tal amizade vai virar atração e evoluir para amor. Michaela e Laurel têm tudo para ser as novas Annelise e Eve, mas, se tudo der certo, sem um Sam no meio.

5. Laurel se envolveu com Frank e com Wes. Um não vale nada e o outro está morto. Michaela era noiva de um homem que não amava, foi trocada pela irmã do cara rico que defendeu e resolveu ceder ao carinho e necessidade do Asher. Nenhuma das duas personagens teve um relacionamento que foi realmente aprofundado. Essa é a chance de ter um romance entre dois personagens principais que realmente evolua e mostre todas as camadas do que é lidar com tudo que eles passaram. E outra chance para um relacionamento lésbico na série, já que Annelise e Eve foram descartadas tão rapidamente.

6. O beijo do episódio 3×09!!!!!! Totalmente queerbaiting, diga-se de passagem, mas é um sinal que alguma chance tem. Essa mãozinha da Laurel abraçando Michaela enquanto a beija e as duas sorrindo? Como vocês podem lutar e não shippar isso?

[N. da Ed.: soltei um gritinho e voltei pra ver a cena de novo quando rolou esse beijo, não nego.]
7. O beijo deve ter sido tão bom que, assim como nós, a Laurel também está na torcida para Michaela parar de negar as aparências e disfarçar as evidências

*dedos cruzados torcendo por esse ship*

A realidade é que só nos resta torcer pela próxima temporada e que nada é impossível. Existe química e o resto está todo ali. Shonda e Peter Nowalk, escutem nossas preces!

About Tany 4 Articles
20 e muitos anos, arquiteta, descobrindo e morando em São Paulo. Viciada em cultura pop, filmes, séries, livros, jogos e o que mais você colocar na frente. Tenta consumir tudo ao mesmo tempo mas sabe que nunca vai conseguir. Gosta de viajar, cozinhar e conversar sobre todo e qualquer assunto. Não sabe o que é dormir, mas sabe o que é sonhar.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*